Últimas notícias nº 23/2021 – 15/07/2021

Petição a favor de projeto do túnel entre Santos e Guarujá alcança 6 mil assinaturas

O projeto do túnel imerso para a ligação seca entre Santos e Guarujá tem recebido grande apoio popular. A petição online a favor do modal ultrapassou a marca de 6 mil assinaturas após mais uma blitz da Campanha Vou de Túnel, realizada em Santos, entre os dias 9 e 11 de julho, durante o feriado da Revolução Constitucionalista de 1932. Durante o fim de semana prolongado, a ação do movimento que defende o túnel imerso como a melhor alternativa para resolver gargalo centenário da Baixada Santista abordou mais de 2 mil pessoas, distribuiu cerca de 900 máscaras de proteção e 2,5 mil folders com detalhes sobre o projeto.

Além de informar a sociedade sobre as vantagens do projeto do túnel, a iniciativa colheu novas assinaturas para a petição online e realizou uma pesquisa de origem e destino com a população com objetivo de compreender o fluxo de pessoas que utilizam a travessia Santos-Guarujá. As ações foram realizadas no Mercado do Peixe, na Feira Livre da Avenida dos Bancários, na Feira Livre da Delfim Moreira e no Calçadão da Praia de Santos. A blitz da Campanha Vou de Túnel seguiu todas as recomendações das autoridades de saúde no combate à Covid -19.

Segundo o porta-voz da campanha Vou de Túnel e Consultor Portuário, Eduardo Lustoza, alguns dos pontos centrais apresentados à população durante a blitz foi o avanço na questão da mobilidade urbana que o projeto do túnel imerso proporciona, além de garantir mais segurança para a travessia.

A campanha Vou de Túnel é uma iniciativa de um pool de empresas formado por mais de 60 instituições que associam a sua marca ao movimento. Os apoiadores defendem o projeto do túnel Santos/Guarujá que atenderá mais de 40 mil pessoas por dia e o trajeto entre as cidades passará a ser feito em menos de cinco minutos. Com a distância de apenas 1,7 km e localização estratégica, o túnel é também uma opção mais econômica e tem menor custo do que os outros projetos apresentados

Fonte: Site Portos e Navios