Inclusão profissional nº 04/2024 – 01/03/2024

Diretora de Direitos da Pessoa com Deficiência do Ministério DHC apresentará em SP o novo instrumento de avaliação da deficiência

No dia 07 de março, a Diretora de Direitos da Pessoa com Deficiência do Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania apresentará, na reunião plenária da Câmara Paulista para Inclusão da Pessoa com Deficiência no Mercado de Trabalho Formal, em São Paulo-SP, o novo instrumento de avaliação da deficiência, a Avaliação Biopsicossocial Unificada da Deficiência, instituído pelo Decreto Presidencial 11.487, de 2023, que funciona no âmbito do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania.

Em audiência pública realizada em novembro de 2023, em notícia divulgada pela Agência Senado, a dirigente Naira Rodrigues Gaspar explicou que o modelo biopsicossocial é uma abordagem multidisciplinar que compreende as dimensões biológica, psicológica e social de um indivíduo. Ela disse ser preciso mais difusão de conhecimento sobre o assunto e políticas sociais mais bem direcionadas.

“— O fato de eu ser cega não define como eu vivo a experiência de deficiência. No Brasil, a vivência de uma mulher cega, branca, que vive no Distrito Federal e que tenha tido acesso a estudo, como eu, é diferente de uma mulher cega, negra, moradora de outras regiões mais empobrecidas. As populações mais vulneráveis, que vivem mais isoladas, em regiões de menor potencial e negligenciadas pelo Estado brasileiro são pessoas distintas, que precisam de políticas distintas —” disse Naira Gaspar.

Reunião Plenária

O NOVO INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DA DEFICIÊNCIA
Convidada: Naira Rodrigues Gaspar, diretora da Secretaria Nacional da Pessoa com Deficiência

Dia: 07/03/2024
Horário: das 9h às 12h
Local: Ministério do Trabalho – Superintendência Regional do Trabalho em São Paulo
Av. Prestes Maia, 733 – Luz, São Paulo – SP, 01031-095
Inscrição até 05/03 pelo link: https://forms.gle/QAVM32ntFQTkTvnX6

Leia mais sobre o assunto: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2023/11/27/falta-de-clareza-sobre-deficiencias-prejudica-cidadaos-aponta-debate

Fonte: Câmara Paulista para Inclusão da Pessoa com Deficiência